Se sou mais que uma pedra ou uma planta?
Não sei.
Sou diferente.Não sei o que é mais ou menos.
Fernando Pessoa.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Dia Ruim ....

Incerta....sozinha...
confusa,
quase a beira de não se achar mais normal...
Quem sabe a solução seja mesmo prozac,
qualquer coisa que traga um pouco de sossego em cápsulas.
Que não me obrigue a este esforço que é compreender os outros
sem esquecer de mim mesma...
E esta solidão rodeada que me assola...me preenche de vazios cada vez
mais profundos,
Quem sabe seja apenas cansaço da luta...
Quem sabe , e acho que sei, seja a loucura que atinge os poetas...
a dor sentida, quando a permitimos vir a tona.
Este mundo apressado que me atropela...
A estática que se desprende do meu peito...
Mar de agonia...
de lágrimas não!

Um comentário:

  1. Olá tudo legal? Gostaria de convidar conhecer meu trabalho no blog Ecos no endereço www.ecosdotelecoteco.blogspot.com . Forte abraço aí e sucesso com o blog. T +

    ResponderExcluir